David Bowie (ainda) é

David Bowie

David Bowie é mestre em sacar o zeitgeist e usá-lo a favor de sua carreira. Desde que lançou o disco The Next Day, que o recolocou no centro dos holofotes, ele ficou quieto, sem dar entrevistas e fazer shows e turnê. Nestes tempos de mídias digitais, ele soube se manter em evidência apenas com aparições em clipes, que logo se espalharam por sites e redes sociais.

Depois de causar com o “sexo renderizado” de Love is Lost, o Camaleão volta a dar as caras com o vídeo de I’d Rather Be High (Venetian Mix), música que faz parte de The Next Day Extra (versão expandida do álbum que traz três bonus tracks, quatro inéditas e dois remixes).

O clipe traz cenas de arquivo da 2Guerra Mundial, em que aparecem soldados marchando e pessoas dançando e celebrando o fim do conflito, e uma imagem fantasmagórica de Bowie. I’d Rather Be High já havia sido tema de um comercial da grife Louis Vutton.

Além de marcar a volta de Bowie às paradas de sucesso e de vendas neste ano, o disco The Next Day lhe rendeu três indicações para o Grammy Awards. Ele concorre nas categorias Melhor Performance de Rock com a música The Stars (Are Out Tonight)Melhor Álbum de Rock e Melhor Projeto Gráfico de Álbum. A 56edição do Grammy acontece no dia 26 de janeiro de 2014 no Staples Center, em Los Angeles.

Por falar em 2014, Bowie será o grande acontecimento no primeiro semestre do calendário cultural de São Paulo. Ele vem à capital paulista com sua badalada exposição David Bowie Is no Museu da Imagem e do Som (MIS). De acordo com informações postadas no site oficial de Bowie, a exposição abre no dia 28 de janeiro e fica em cartaz até 21 de abril. (Atualização: a exposição estreia no dia 31 de janeiro e fica em cartaz até o dia 20 de abril, com ingresso a R$10).

A estreia oficial de David Bowie Is foi em março em Londres, e depois seguiu para Toronto (Canadá), onde foi encerrada em novembro. São Paulo é a terceira cidade do mundo a receber a exposição. Da capital paulista, ela vai para Chicago (Estados Unidos), Paris (França) e Groningen (Holanda).

Multimídia, a exposição é a primeira grande retrospectiva da carreira de Bowie por mostrar fotos, rascunhos de letras, objetos diversos e roupas que ele vestiu para encarnar seus vários personagens, como Ziggy Stardust, Alladin Sane e Thin White Duke.

Por ocasião da exposição, a editora Cosac Naif lança em janeiro o livro David Bowie, que faz um amplo retrato de sua carreira, trazendo material fotográfico e iconográfico pertecente ao The David Bowie Archive (arquivo pessoal do artista) e textos e ensaios sobre a influência de Bowie na música, cinema e moda. 

Capa Livro David Bowie Is

Outro lançamento que também chega às livrarias no embalo da exposição é Dangerous Glitter: Como David Bowie, Lou Reed e Iggy Pop Foram Ao Inferno e Salvaram O Rock’n’Roll (Your Pretty Face Is Going To Hell The Dangerous Glitter Of David Bowie, Iggy Pop And Lou Reed), da editora Veneta.

Capa Livro Dangerous Glitter de Dave Thompson

Escrito por Dave Thompson (autor de mais de 100 obras sobre rock e cultura pop), o livro mostra e analisa como as carreiras dos três artistas se cruzaram e influenciaram um ao outro no início dos anos 1970, auge do glitter ou glam (a vertente mais teatral do rock, marcada por androginia, plumas e paêtes).

 

 

Deixe um comentário

10 de dezembro de 2013 · 17:17

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s