Annik Honoré: “Uma relação platônica e pura”

No mundo do rock há vários personagens secundários que protagonizaram histórias com artistas famosos. Um desses personagens foi Annik Honoré.

Annik Honoré

A jornalista belga, que ficou famosa por ter sido amante de Ian Curtis (vocalista do Joy Division), faleceu ontem, aos 56 anos, de uma doença grave não revelada. A notícia pipocou em alguns sites como este aqui.

Annik conheceu Curtis em 1979, quando trabalhava como secretária na embaixada belga em Londres. Ela também chegou a atuar como promotora de shows de um club chamado Plan K, em Bruxelas, onde o Joy Division tocou em outubro do mesmo ano.

Reza a lenda que Annik teria sido a inspiração para Curtis compor Love Will Tear Us Apart. Annik foi encarnada pela atriz romena Alexandra Maria Lara no filme Control.

Peter Hook foi o único integrante do Joy Division que lamentou a morte de Annik ao postar uma mensagem via Twitter.

Em 2010, Annik deu uma entrevista a um site belga em que afirma que sua relação com Curtis foi completamente “platônica e pura” e sem sexo.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias Pop

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s