O 1º ano do Monge Mudo

Acho que por causa de meu temperamento sempre fui de falar pouco.

Sou de falar quando é hora de falar, e calar quando não se tem nada a dizer. Não gosto de falar à toa só para parecer que sou uma pessoa “extrovertida”.

Ultimamente tenho “falado” pouco, quase nada nas redes sociais. (Ainda prefiro falar no real, ao vivo e a cores). Um “curtir” aqui, um “kkk” ali, um comentário de vez em quando acolá.

Ando postando só sobre este reles blog. Eu o criei para falar sobre coisas de que gosto (quem me conhece sabe quais são minhas preferências), e partilhá-las com amigos(as) e conhecidos(as) que também gostam dessas coisas.

Hoje, este reles blog completa o 1º ano. E para fazer jus ao seu nome, celebro a efeméride com um playlist especial de músicas “mudas”, ou seja, sem vocais, instrumentais.

(Aos que notarem a ausência de artistas nacionais, é que simplesmente ando de bode de música brasileira).

No mais, espero continuar com ânimo para tocar este blog. É o que tem me ajudado a manter a sanidade mental.

Beach Boys — Pet Sounds 

 

Pixies — Cecilia Ann 

 

Joy Division — Incubation 

 

Galaxie 500 — Instrumental 

 

Jefferson Airplane — Embryonic Journey

 

The Smiths — Oscillate Wildly

 

Booker T. & The M.G.’s — Green Onions

 

David Bowie — Speed Of Life

 

The Lively Ones — Night And Day (cover da composição de Cole Porter cuja uma das gravações mais clássicas é a de Frank Sinatra)

 

Breeders — Flipside

Deixe um comentário

Arquivado em Listas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s