Os anos negros de Brian Wilson

Não é fácil ser um músico genial. Brian Wilson que o diga.

O líder dos Beach Boys sentiu na pele o peso da fama. Durante os anos 1970 e 80, ele viveu um verdadeiro inferno astral, marcado por drogas, problemas mentais e isolamento.

Esse período negro de sua vida é mostrado no filme Love & Mercy, que terá sua première em setembro no Toronto International Film Festival.

O papel do protagonista é dividido por dois atores: Paul Dano (o “Brian Wilson jovem”, vide foto abaixo) e John Cusack (o “Brian Wilson velho”).

Paul Dano Filme Love And MercyCompletam o elenco Elizabeth Banks, que interpreta Melinda (a segunda esposa do artista) e Paul Giamatti, como o controverso terapeuta Eugene Landy, responsável pelo tratamento de Wilson. A direção é de Bill Pohland (produtor de 12 Anos de Escravidão).

O título do longa vem da música homônima que Brian Wilson gravou em seu primeiro disco solo. Lançado em 1988, o álbum (intitulado simplesmente Brian Wilson) foi saudado mais por representar sua sobrevivência pessoal.

Deixe um comentário

Arquivado em Cinema, Música

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s